sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Hoje, sem regras e sem limites, vivo.

De lado o negativismo. Já não argumento. Afasto-me de quem nada acrescenta. Indiferente a julgamentos. Não me conhecem. Eu vivo bem com a minha verdade. Faço o que quero e acredito no que faço. Sem pressa. Sem ilusões. Apenas eu e os meus sonhos. Já não me perco facilmente. Já não me sinto pequeno e desorganizado. Já não sou vencido pelo cansaço. Os obstáculos são uma aprendizagem. Tento ser sempre melhor a nível pessoal e profissional do que fui. Hoje, sem regras e sem limites, vivo. Não sobrevivo.

Sem comentários:

Enviar um comentário