domingo, 12 de janeiro de 2014

Deixar-te partir

Estou a recuar antes que seja tarde demais. Já sei como acaba.
Estou a evitar esse fim previsível.
Estou a evitar um nó na garganta e um coração cheio de nada.

Agora que te tenho, não te quero.

Por isso vai. Encontra quem te procura. Cuida de quem te quer bem.
Vai que eu fico. Fico só mas bem com a minha verdade.

Deixar-te partir foi a melhor decisão que tomei.

Sem comentários:

Enviar um comentário