sábado, 16 de junho de 2012

Não te esqueças de nós



Não te esqueças de nós
Mesmo que já não penses em mim
Sinto falta da tua voz
Mesmo sabendo que o amor chegou ao fim
Guarda-me na tua memória
Já que não tens mais espaço no teu coração
Leva um bocado de nós
Na palma da tua mão
Leva o peito contra peito
Quando lá fora a chuva caía
Esquece a guerra de ontem
Amanhã é um novo dia
Lembra-te dos momentos
em harmonia que partilhámos
Esquece o tempo que em guerra
desperdiçámos
Leva os sonhos que conquistámos
Não guardes a dor
Nem os pesadelos da inconstância
desse amor.

1 comentário:

  1. Devemos lembrar-nos sempre dos bons momentos para que os maus não prevaleçam. Mas se for amor, vai ficar. Abraço.

    ResponderEliminar