domingo, 8 de agosto de 2010

É a realidade...



No silêncio da noite, apaguei a luz e fechei os olhos. Dava tudo para acordar e encontrar-me numa realidade diferente. Mas nem tudo é como queremos. Chegou um novo dia, acordo e apenas permanece o meu rosto triste no espelho e um enorme vazio dentro de mim. É um daqueles dias em que o corpo revela fraqueza e não existe vontade de dar um passo em frente. No entanto... Aprendi a agir perante a atitude dos outros. Aprendi a sorrir apesar de todos os problemas que surgem. Aprendi que nada na vida é garantido, que devo lutar e tentar encontrar uma solução para os obstáculos. Não quero desistir. Ainda quero ir mais alto, mais além.

Sem comentários:

Enviar um comentário