domingo, 28 de março de 2010

Silêncio















Há sempre algo que fica por dizer. Uma parte de mim tem vontade de se revelar, de gritar e soltar palavras nunca antes ditas mas o silêncio toma-me e acabo por me abrandar. Não quebro o silêncio e recolho-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário